Seguidores

29 de dez de 2007

IGREJA UNIVERSAL DO REINO DE DEUS, ABORTO E HOMOSSEXUALISMO

Jorge Nilson


Igreja Universal do Reino de Deus, Aborto e Homossexualismo

Ser a favor do aborto só para contrariar a Igreja Católica, é a nova doutrinação do Bispo Edir Macedo, líder da IURD. É um grande contra censo falar de alguém (JESUS) QUE É A FAVOR DA VIDA, e pregar o assassinato de crianças através do aborto. A Rede Record veicula propagandas a favor do aborto, contrariando o que é pregado na Bíblia. O mundo pode ser a favor de tudo o que é contra a vida, contra a família, contra a moral, contra os princípios cristãos e éticos. Mundo é mundo. O mundo jaz no maligno. O diabo é quem influencia as mentes contra Deus e a sua Palavra. Não me admira se os governos, ONGs, políticos, artistas, e toda a sociedade que se diz progressista defenderem essas práticas. Porém, uma igreja que se diz povo de Deus apoiar o aborto, a sensualidade mundana e diabólica, apoiar o homossexualismo través de suas novelas e programas televisivos, é ser um verdadeiro instrumento, não da luz , mas das TREVAS. INDICO ESTE SITE, Só para maiores de 18 anos, (http://www.aborto.com.br/tipos/index2.htm) PARA QUE TODOS VEJAM O QUE A IGREJA UNIVERSAL DO REINO DE DEUS APOIA. Vejam as fotos de crianças abortadas das mais diversas formas de crueldade. Como pode alguém defender esta prática maligna.
O homossexualismo já tem defensores demais. Tem o próprio governo Federal, a Mídia, e muitas ONGs. Porém, receber apoio de uma igreja que se diz povo de Deus é o cúmulo do absurdo. O diabo está dizendo que é santo e o povo por falta de conhecimento está dizendo amém. O senador Marcelo Crivela, em um de seus hinos, diz que não podia ser covarde de ver o povo sendo enganado por falsa doutrina e ficar calado. Pois é, ele demonstrou o que ele é realmente ao se calar perante a liderança da sua igreja. Ele prefere se calar para não ser expulso e perder os votos dos fiéis. Não teve o mesmo procedimento João Batista, pois o mesmo denunciou os pecados dos líderes do povo. Assim fizeram os profetas e apóstolos. O próprio Cristo foi o principal a denunciar a hipocrisia dos líderes do seu povo. As igrejas evangélicas que apoiarem a IGREJA UNIVERSAL DO REINO DE DEUS em nome do “amor cristão e da não separação do povo de Deus” também incorrerão nos mesmos erros.
Muitos dirão naquele dia ao Senhor: Senhor, em teu Nome profetizei e fiz muitas maravilhas. E o Senhor lhes dirá abertamente: NUNCA VOS CONHECI, APARTAI-VOS DE MIM MALDITOS PARA O FOGO ETERNO, PREPARADO PARA O DIABO E SEUS ANJOS.

2 comentários:

Anônimo disse...

Somente o senhor e capaz de julgar alguem,criticar alguem e cada um apoia e cre naquilo q lhe faz bem,naquilo q acredita ser a sua salvaçao.Deus nos deu o livre arbitrio,se alguem escolhe pra si o homossexualismo e problema dele,ele q acerte seus ponteiros com Cristo.E antes nao dá a luz a uma criança do q coloca-la neste mundo de trevas para sofrerser maltrada pelos pais e pelo mundo é por isso q o Brasil esta desse jeito olha os governantes q temos.O que resta a nós e nos apegarmos ao senhor jesus ele e nossa unica salvaçao.

Jorge Nilson disse...

Quando a Bíblia proíbe o julgamento, diz respeito sobre o julgamento temerário, precipitado, malicioso e arrogante. Quando se fala em defender a fé, isto não é julgamento, é mandamento. Todos tem livre arbítrio. Porém o verdadeiro cristão já entregou ao Senhor Jesus a sua vontade. Agora somos servos. O homossexualismo não é problema dos outros, é problema de todos. É através dele que muitas doenças são transmitidas, que a família é atacada, que as nossas crianças são manipuladas para essa prática. E ainda que querem através de uma lei, proibir dizer o que a Bíblia diz sobre essa prática chamada de perversão. Quanto a criança nascer e ser colocada neste mundo, é uma lei natural. Nós é que temos que melhorar esse mundo e não matar os inocentes em nome da limpeza e diminuição da violência como disse o governador do Rio de Janeiro.
Como cristãos somos obrigados a defender a ética, a vida e o nome do Senhor.