Seguidores

24 de fev de 2009

Famoso escritor cristão desafia o Vaticano

Famoso escritor cristão desafia o Vaticano

Ray Comfort diz que Roma crê mais em Darwin do que em Jesus

© 2009 WorldNetDaily

O atual escritor cristão best-seller número 1 nos Estados Unidos diz que o Vaticano está crendo mais em Charles Darwin do que em Jesus ao aceitar a evolução.
Ao desafiar um relatório do Arcebispo Gianfranco Ravasi, presidente do Pontifício Conselho para a Cultura, que declarou que a teoria de Darwin é compatível com o Cristianismo, Ray Comfort, autor do livro cristão mais quente no site Amazon “You Can Lead an Atheist to Evidence But You Can’t Make Him Think” [Dá para conduzir um ateu à evidência, mas não dá para fazê-lo pensar], aponta que o próprio Jesus apoiou o relato do Gênesis acerca da criação quando disse: “No começo Deus os criou homem e mulher”.

“Mas o Vaticano escolheu oficialmente crer em Darwin em vez de Jesus”, acrescentou Comfort. “Essa crença revela uma compreensão rasa acerca das declarações da evolução ateísta. Deus nos deu seis sentidos, e o sexto é o bom senso. Esse aí não se acostuma com a teoria de Darwin. E esse é o problema — os fervorosos crentes na evolução não pensam muito profundamente. É por isso que escrevi o livro, que mostra que a teoria de Darwin é uma fantasia — um conto de fadas ridículo e não científico para adultos”.

Citando estatísticas que mostram que aproximadamente um em quatro professores das faculdades e universidades dos EUA são ou ateus ou agnósticos, Comfort disse: “Eles estão gerando novos ateus como se não fosse existir um amanhã. A maioria dos jovens não sabe que estão apenas adotando a teoria de um homem com uma hiper-fértil imaginação, que perdeu sua fé em Deus. Não é de admirar que tantos jovens estejam perdendo sua própria fé em Deus e se voltando para o ateísmo”.

“O Vaticano, em essência, está dizendo: ‘Não creia em Jesus nem no Gênesis. Creiam em vez disso em Darwin’”, disse Comfort. “Deus fez o homem conforme sua própria imagem, e Deus não é um primata. No nome da diversidade, o Vaticano está incentivando o ateísmo, e isso trai de forma terrível o Cristianismo”.

“Parece estranho que o Vaticano consiga tomar sem vacilar uma posição forte no assunto do aborto, e ao mesmo tempo ceder no assunto da evolução”, acrescentou Comfort. “Eles conhecem as questões referentes ao aborto, mas suspeito que eles não entendem as questões referentes à evolução de Darwin. Espero que eles repensem sua decisão, pois os ateus sem dúvida usarão isso para expandir sua própria agenda anti-Deus”.

Comfort é o autor de 60 livros e co-apresentador do “The Way of the Master” [O Caminho para o Mestre], um programa de TV semanal sobre evangelismo pessoal com o ator Kirk Cameron, estrela do filme de sucesso “Fireproof” [À Prova de Fogo].

O livro “You Can Lead an Atheist to Evidence but You Can’t Make Him Think” [Dá para conduzir um ateu até à evidência, mas não dá para fazê-lo pensar], subiu nas alturas nas classificações do Amazon.com em seu primeiro dia de venda, mudando do número 69.572 para o número 38 em 24 horas. O livro foi também nº 1 nas categorias de religião e ateísmo no “Dia de Darwin” — o 150º aniversário da publicação do livro “As Origens das Espécies”.

O livro foi nº 1 nas categorias de apologética e ateísmo sob religião. Ficou em 2º lugar em espiritualidade e 6º em Cristianismo.

Traduzido e adaptado por Julio Severo: www.juliosevero.com

Fonte: WND

Nenhum comentário: