Seguidores

17 de abr de 2008

O SEGREDO DO HOMOSSEXUALISMO - PARTE II

Um certo pastor tinha um programa evangélico numa rádio e após ele terminar começava um outro programar secular. A audiência do programa evangélico era baixa, em contrapartida, o outro era alta. Ambos os apresentadores se encontravam, se cumprimentavam, um saindo e o outro entrando para o programa radiofônico. Um dia, o pastor preocupado com a baixa audiência do seu programa, perguntou ao colega o porquê daquela diferença em audiência, visto que o que falava era bom para as famílias: as orações, os recados, a mensagem do evangelho e etc. Já o outro, era motivado pelo mundanismo, piadas, contos e muita mentira. Em resposta ele disse: Pastor, o meu programa tem uma grande audiência pelo simples fato de eu falar a mentira com tanta ênfase, como se fosse a verdade. Já no seu caso, você fala a verdade, com tanta frieza, como se fosse mentira.
Partindo desse exemplo, vemos isso diariamente em relação ao homossexualismo. A grande verdade, é que a mentira se “tornou” verdade. A verdade absoluta, que é Deus e seus ensinos, tornaram-se “mentira” devido à falta de muitos pregadores e pastores não se dedicarem com tanta ênfase na proclamação das verdades bíblicas. A mensagem da liderança gay é que as pessoas nascem homossexuais, criando assim um jargão na sociedade. Os programas televisivos e radiofônicos, juntos com as revistas Veja, Isto é, Época e outros semanários e a Imprensa, saturam a nação com temas gayzista, a ponto de essa grande mentira( de que as pessoas já nascem gays) tem se tornado “verdade” pra muita gente. Os programas de “debates” sobre o homossexualismo, já vem pronto para manipular a opinião pública. O lobby da liderança homossexual tem surtido muito efeito na cabeça dos nossos parlamentares, e principalmente do presidente Lula. Até a Record, que se diz uma emissora cristã, tem se curvado perante a mesa de Jezabel.
Primeiro começaram pedindo respeito. Só deveriam pedir respeito quem se utiliza dele. Homens que fazem sexo com homens, não só denigrem a masculinidade, como também destrói a família. Se algum homossexual ler esse artigo, responda-me por favor com toda a sinceridade: você acredita realmente na pureza do homossexualismo? O que você entende por pureza? Se o homossexualismo é algo bom, como lamentavelmente se divulga, por que os próprios líderes homossexuais dizem que a AIDS é uma doença gay? (Conforme um recente estudo do CDC "que abalou a população homossexual, ao descobrir que embora os HSH sejam apenas um a dois por cento da população geral, eles são responsáveis por 64 por cento de todos os casos da epidemia de sífilis. E Matt Foreman, ex-diretor executivo da Força Tarefa Nacional de Gays e Lésbicas, abalou mais ainda seus camaradas ativistas gays ao confessar: “O HIV é uma Doença Gay”. (Fonte: Matt BarberCNSNews.com), as doenças sexualmente transmissíveis crescerão geometricamente. As conseqüências serão as mais terríveis possíveis.
Porque um dos maiores líderes do movimento homossexual diz já ter deixado cerca de 500 homens enfiarem o sexo no seu ânus? Há pureza e respeito nisso? Se é algo bom, por que então está sendo imposto e até ameaça prender quem for contra? Se é um comportamento normal, por que então, Deus condena através de sua Palavra? Se alguém já nasce gay, gostaria de ir a uma maternidade ver os recém-nascidos que são gays.
No meio evangélico quando há algum escândalo, a mídia se apressa em divulgar como reportagem principal. Porém, as noticias negativas envolvendo homossexuais são sempre ocultadas. Se um homossexual mata um homossexual, dificilmente divulga a palavra gay, acobertando assim a opção sexual dos envolvidos.
Vejamos aqui algumas reportagens sobre o homossexualismo, que revelam o que a liderança gay permite e não permite serem divulgadas:

Sexo anal com cavalo mata gay insaciável nos EUA
22 de novembro de 2007
Um homossexual morreu nos Estados Unidos depois de ser enrabado por um cavalo em um sítio que funcionava como um "prostíbulo de animais", em Enumclaw, 60 km a sudeste de Seattle (Estado de Washington), de acordo com informações divulgadas somente ontem pela polícia. A vítima, um gay que se dizia insaciável, de 40 anos, sofreu graves lesões internas e seu corpo foi deixado por desconhecidos em um hospital de Seattle, no dia 2 de julho, pouco depois do ato. "Do médico legista ao comissário, passando pelos investigadores, ninguém jamais viu algo remotamente parecido com isto", disse Eric Sortland, chefe da polícia de Enumclaw. "Seu cólon rompeu, como os órgãos inferiores da mesma região, e a hemorragia o matou", completou. As investigações revelaram que o sítio era especializado em zoofilia e oferecia a seus clientes cavalos, pôneis, cabras, ovelhas e até cães. Tudo era anunciado pela Internet. A polícia apreendeu fitas de vídeo com centenas de horas de atos sexuais entre homens e animais. O código penal do Estado de Washington não proíbe a zoofilia. http://www.extraordinario.com.br/index.php?option=com_content&task=view&id=481&Itemid=1
19 Setembro 2007
Pai-de-santo gay mata ex-namorado
Renato Galvão
Como vocês sabem eu dou destaque ao jornalismo investigativo e criminal. Hoje em dia quem faz isso muito bem é o Linha Direta, da Rede Globo, atração comandada pelo jornalista Domingos Meirelles, que vai ao ar toda quinta-feira, às 23h.Semana passada um dos casos mostrados, era de um pai-de-santo gay, chamado Sandro (foto). Há 10 anos atrás ele conheceu um rapaz no centro espírita e eles começaram a namorar. Sandro era muito ciumento e vivia cobrando satisfação e brigava muito com seu parceiro, Nilson. Eles continuavam a freqüentar o mesmo reduto espírita e Sandro literalmente ''encarnava em outro corpo'' devido sua alegria com o ambiente. Sandro se vestia com roupas mais femininas enquanto o outro usava trajes masculinos.Quando a relação completou quatro anos, Nilson encontrou uma moça, antiga paixão de adolescência. Era Érica, com três filhos e seu casamento estava para acabar. Eles começaram a namorar, ele contou todo seu envolvimento com o pai-de-santo, ela se assustou, mas aceitou viver um triângulo amoroso durante cinco anos, entre ela o rapaz e o pai-de-santo.Em novembro de 2.006, ele se separa do pai-de-santo para viver com a moça. Sandro o ameaça e diz que irá meter fogo em seu corpo. No centro espírita Sandro provoca Nilson dando-lhe um forte tapa no rosto, gerando um grande rebuliço. Um mês após a briga, eles se encontram e se desentendem novamente. Sandro o agride e joga álcool por todo o corpo de Nilson. Em seguida, acende um isqueiro e Nilson tem seu corpo em chamas. Levado para o hospital com mais de 70% do corpo com queimaduras, ele ainda contou todo o crime para a polícia e morreu 16 dias depois.Sandro fugiu após o crime e ainda não foi preso. Essa é a foto do assassino e caso você o veja, ou tenha visto, entre no site www.globo.com/linhadireta para mais informações. (Rede Globo)
Postado por Renato Galvão às 5:20 PM
Marcadores: POLÍCIA

Indivíduos (sejam homossexuais ou não) que escolhem a vida dos bares, casas noturnas e outros ambientes de prostituição fácil correm mais perigo, onde a violência é uma ameaça a todos: prostitutas, clientes, homossexuais, etc. Afirmando que a maioria dos homossexuais assassinados é de travestis, Oswaldo Braga, presidente do Movimento Gay de Minas, declarou: “São homossexuais que estão mais envolvidos com a criminalidade, como prostituição e tráfico de drogas, ficando mais expostos à violência”. (Tribuna de Minas, 09/03/2007, p. 3.).

Julio Severo em seu blog revela como a imprensa brasileira trata os assuntos homossexuais: Embora o artigo da revista Época se recuse terminantemente a revelar a identidade homossexual do assassino do jovem brasileiro, há provas claras de que o assassino praticava o homossexualismo. O assassino trabalhava “numa sauna gay”. Além disso, ele estava foragido porque havia estrangulado a esposa. Ela a matou porque “ela se recusara a fazer sexo com ele e seu amante”. Obviamente, era um amante homossexual, um homem com quem o assassino mantinha relações homossexuais, mas Época não se interessou em destacar ou mesmo usar o adjetivo homossexual, que estaria perfeitamente adequado ao caso. O que não é útil para os interesses dos militantes gays, também não é útil para os interesses do jornalismo esquerdista.
Qual é o segredo do homossexualismo? A manipulação das informações. A verdade vira mentira e a mentira vira verdade.
Próximo artigo: O SEGREDO DO HOMOSSEXUALISMO – PARTE III

5 comentários:

zildete disse...

Olá Pr. Nilson!

Lendo seu artigo sobre o homossexualismo, lembrei-me de uma amiga cujo filho tinha seis meses de idade e apresentava todos os trejeitos de um homossexual. Sempre optou por brinquedos de menina, e uma certa vez a mãe comprou uma boneca para ele, tal era a sua insistência em brincar de bonecas. Todos q a conheciam percebiam o fato. A medida q ia crescendo acentuava mais. A mãe se preocupou muito e solicitava orações em todo lugar q chegava pois não admitia tal comportamento. Atualmente ele é um homossexual assumido e vive normalmente como tal. Gostaria q o irmão me ajudasse a entender esta situação, pois já li q não é genético. Fico confusa pois acompanhei a infancia dessa pessoa.
Quero parabenizar o irmão pelas artigos, muito bem elaborados e acredito q muitas vidas tem sido edificadas através deles. Abraços, ir. Zildete. Meu email: zildete-dias@hotmail.com

Jorge Nilson disse...

Querida irmã Zildete, agradeço pela sua participação no meu blog. Olha, em nenhum lugar na história da humanidade alguém nasceu homossexual. Na verdade esse comportamento perverso é imposto, ensinado ou fruto de um abuso sexual na infância. É claro que no contexto espiritual, é uma rebelião contra Deus causada pelo inimigo. Aguarde os próximos artigos. Um abraço.

Ellerson disse...

você acredita realmente na pureza do homossexualismo? O que você entende por pureza? Se o homossexualismo é algo bom, como lamentavelmente se divulga, por que os próprios líderes homossexuais dizem que a AIDS é uma doença gay?

sou homossexual, Respondendo as perguntas: não acredito na pureza do homossexualismo, estaria generalizando, mas acredito na pureza de algunS (poucos) homossexuais, não em uma pureza profunda e concreta, pois acredito que nenhum ser humano conhecedor do bem e do mal é puro. Dizer que a Aids é uma doênça homossexual é burrice, tenho vergonha de ser representado por este homossexual, pois no princípio, a epidemia afetou, majoritariamente, os homens que tinham relações sexuais com homens e depois os consumidores de drogas intravenosas, mas agora a epidemia ficou mais heterogênea. A transmissão heterossexual é responsável, atualmente, por uma proporção crescente das infecções pelo HIV e as mulheres estão cada vez mais afetadas, ou seja, homossexual ou não, qualquer um está propicio a uma doênça.

uma gay, diz que é gay desde nascença, pois desde que se entende por gente, tem um traço, homossexual, temos como exemplo o caso da D.Zildete. que diz que desde criancinha tem outras preferencias, e tudo o que vocês religiosos sabem dizer é a mesma coisa, não satisfaz nossa sede de respostas...

desculpe se fui grosso no depoimento... e aguardo respostas...

ellerson-vad@hotmail.com

Jorge Nilson disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jorge Nilson disse...

Concordo que nenhum ser humano conhecedor do bem e do mal possua a pureza profunda e concreta. Porém não há pureza no homossexualismo. Ellerson pense comigo o seguinte: A ciência não descobriu nenhum genes homo. Os cromossomos ou são femininos ou masculinos. O corpo do homem foi preparado para ter relação sexual com uma mulher e da mesma forma a mulher em relação ao homem. O esperma masculino tem dois objetivos únicos: ter prazer e gerar outro ser. A mulher teve o seu corpo preparado para receber este esperma também com dois objetivos: ter prazer e gerar outro ser. Sexo não é só prazer; é prazer e geração. Onde se encaixa os homossexuais nestes objetivos descritos pela ciência?
Se todo o mundo resolvesse ser homossexual, quanto tempo duraríamos?
Quanto a AIDS ser uma doença gay, deixo que a ciência, os próprios gays e os relatórios médicos o digam.
Quanto a criança citada por D. Zildete, não sei detalhes sobre o assunto e por isso não posso comentar o que ocorreu.
Você não foi grosso no depoimento, você foi sincero, e isso é bom. Admiro pessoas assim.
Finalizo, aconselhando-te, (se é que posso usar esse termo), busque a Deus em oração, reconheça que precisa da ajuda Dele para mudar de vida. Ele não te criou assim e nem com esse objetivo. Salve a tua alma enquanto há tempo.
Jesus te ama.