Seguidores

22 de ago de 2010

Como lutar contra a agenda gay: organização pró-família organiza conferência de três dias

Como lutar contra a agenda gay: organização pró-família organiza conferência de três dias

Matthew Cullinan Hoffman

27 de julho de 2010 (Notícias Pró-Família) — A organização pró-família Americanos pela Verdade sobre a Homossexualidade (cuja sigla em inglês é AVH) marcou uma conferência de três dias sobre como lutar contra a agenda política homossexual nos Estados Unidos.
A Academia Americanos pela Verdade será “provavelmente uma das conferências pró-família mais abrangentes sobre a homossexualidades que já ocorreu nos Estados Unidos”, de acordo com Peter LaBarbera, fundador e presidente da organização.

LaBarbera disse para LifeSiteNews (LSN) que decidiu organizar a conferência para contra-atacar o grande número de eventos semelhantes realizados pelos ativistas homossexuais.

“Tenho um pouco de sangue irlandês, mas também sou italiano, e quando a ideologia politicamente correta e a polícia anti-opiniões me dizem o que não fazer só me faz querer fazer mais disso, e assim nesse caso a polícia gay anti-opiniões está basicamente me dizendo que a questão está resolvida e que não há outro lado. Por isso, pensei em começar a educar as pessoas sobre a agenda deles”, disse LaBarbera.
“O movimento gay tem feito avanços importantes por meio da instrução pessoal e treinamento original. Eles têm a Conferência Criando Mudança da Força Tarefa Nacional Gay e Lésbica que treina milhares de pessoas por ano. Nessa questão, eles nos ultrapassaram completamente”, disse LaBarbera. “Enfrentamos uma variedade de organizações homossexuais radicais que têm estabelecido propósitos específicos ao passo que tentamos lidar com a questão com nossas organizações pró-família generalizadas, que fazem um bom trabalho nas questões homossexuais, mas não fazem o suficiente”.

Notando que o movimento pró-vida tem sido bem-sucedido em comunicar sua mensagem para as gerações mais jovens, LaBarbera diz que o mesmo tem de ser feito com relação à homossexualidade.
“Claramente o que o movimento pró-vida tem realizado é que mudaram o paradigma, e ajudaram as pessoas a pensar sobre a vida da criança em gestação, sobre as questões dos direitos humanos em risco, sobre as vítimas inocentes do aborto legal, e penso que o que não tem acontecido na questão homossexual é que os temas básicos de debate do movimento pró-homossexualismo não têm sido tratados de formaadequada”, LaBarbera disse para LSN.
Lamentando que a propaganda homossexual radical tenha feito “lavagem cerebral” nos jovens, LaBarbera diz que tem a intenção de “alcançá-los com algum treinamento abrangente porque eles estão completamente ignorantes… As pesquisas de opinião pública mostram que os jovens são mais pró-vida e mais pró-homossexualismo ao mesmo tempo. E penso que isso diz muito sobre o problema em que estamos e a dívida de longo prazo que enfrentamos nessa questão a menos que eduquemos as pessoas no que realmente está em risco no debate”.

A Academia funcionará de 5 de agosto ate 7 de agosto na Academia da Liberdade Cristã em Arlington Heights, Illinois. Os palestrantes incluirão Matt Barber do Conselho da Liberdade, o qual ficou famoso ao ser despedido de seu emprego numa empresa de seguros por se opor ao ativismo homossexual em sua própria época, e a Dra. Rena Lindevaldsen, professora de direito na Universidade Liberdade e defensora da ex-lésbica Lisa Miller contra as tentativas de sua ex-amante de tomar a guarda da filha dela. O professor Robert Gagnon do Seminário Teológico de Pittsburgh, especialista no ensino bíblico sobre a homossexualidade, também falará.

Grupos homossexuais agendam protesto

Ativistas homossexuais já agendaram um protesto contra o evento, afirmando que AVH está ensinando “ódio”, uma acusação repetida pela organização ultra-esquerdista Pessoas pelo Jeito Americano, e fortemente rejeitada por LaBarbera.

“Não somos odiadores; somos pessoas que simplesmente discordam da homossexualidade, profundamente; cremos que é imoral, que é mutável, que não é natural, que é contra Deus”, disse ele. “Não recuamos dessas convicções. Mas igualar a defesa dessas convicções com ódio é em si um ato de intolerância e ódio contra as pessoas de fé e contra as pessoas que têm persuasão moral”.

LaBarbera diz que está ciente dos preparativos para protestar contra seu evento, e terá seguranças disponíveis para impedir táticas de desordem historicamente usadas pelos ativistas gays para intimidar aqueles que se opõem à sua agenda.

“Já sabemos que a Rede de Liberação Gay, que é uma organização homossexual radical de ódio, anunciou que vai protestar contra nós… é algo que já estávamos esperando”, LaBarbera disse para LSN. “O motivo por que não estamos abrindo esse evento para ativistas gays que querem participar, a Liga Nacional de Promotores Gays, é que os ativistas homossexuais têm histórico de usar ação direta para perturbar e intimidar as pessoas. Não vamos tolerar isso aqui”.

“Estamos adotando algumas precauções, haverá seguranças. Se alguém tentar perturbar será levado para fora”, disse ele.

Fonte: http://noticiasprofamilia.blogspot.com/%20/%20_blank

Divulgação: www.pensamentosnaweb.com

Um comentário:

www.gloriosojesusblogger disse...

A palavra de Deus é clara...E Deus criou o homem e a mulher.Gn 26:27