Seguidores

22 de set de 2010

Pastor brasileiro é ameaçado pelo governo por se opor às políticas pró-aborto

Pastor brasileiro é ameaçado pelo governo por se opor às políticas pró-aborto

Matthew Cullinan Hoffman, correspondente na América Latina
BRASIL, 17 de setembro de 2010 (Notícias Pró-Família) — Um pastor brasileiro está sendo ameaçado com “medidas legais” por autoridades do governo depois de uma pregação que condenou o apoio do PT à descriminalização do aborto, da agenda homossexual e do infanticídio cometido por tribos indígenas na floresta amazônica.

Num vídeo de YouTube que agora foi assistido por mais de 1 milhão e 600 mil vezes, o Pr. Paschoal Piragine da Primeira Igreja Batista de Curitiba, avisa seu rebanho que o PT, que está no governo, está buscando criar “iniquidade institucionalizada” no Brasil.

“Precisamos assumir uma postura e dizer: ‘não queremos isso em nosso país’, e buscar pessoas para nos representar que digam, ‘votarei contra tais coisas’. Caso contrário, a iniquidade será oficial, e Deus não terá opção senão julgar nossa terra”, diz Piragine.

“E eu não só pediria para você orar — penso que todos temos de orar —, mas também para assumir uma postura, e quando você votar, votar por pessoas que assumam uma postura clara contra essas coisas e fazer um compromisso de lutar no Congresso Nacional, e nas instituições do governo, contra a legalização da iniquidade”, acrescenta ele.

Depois de mostrar a seu rebanho uma apresentação de vídeo sobre os movimentos políticos pró-aborto e anti-família que ameaçam legalizar o aborto e destruir o casamento tradicional, Piragine comenta que o PT “fechou questão sobre esse assunto”.

“Em seu congresso desse ano, ele, no seu congresso geral, quando eles indicam seus deputados, [o presidente Lula] fechou questão sobre essas questões. Ou seja, se um deputado, se um senador do PT, se ele votar contra, de acordo com sua consciência, contra qualquer uma dessas leis, ele é expulso do partido. Já dois deputados federais foram expulsos do PT, por se manifestarem contra o aborto.”

Comentando que alguns bispos católicos já haviam exortado os brasileiros a votar contra o PT, Piragine acrescenta: “Eu diria para você a mesma coisa. Algumas pessoas não vão gostar do que eu estou falando, mas estou falando bem claramente”.

“Como pastor eu nunca fiz isso. Eu não estou dizendo para você votar em A ou B. Eu vou dizer para você em quem não votar: em pessoas que estejam trabalhando pela iniquidade em nossa terra. Porque senão queridos, Deus vai julgar a nossa terra.”

Reação irada

Aparentemente alarmados com a distribuição em massa do vídeo, elevadas autoridades do governo Lula estão atacando Piragine.

Numa entrevista a Rádio CBN do Brasil, o membro do PT e deputado Enio Verri expressou revolta com o vídeo.

“Com suas próprias palavras ele cometeu um grande pecado e terá de responder à sua comunidade”, disse Verri. “Mas o PT vai tomar as providências legais cabíveis o mais rápido possível, tenha certeza disso”.

O líder do governo na Câmara dos Deputados respondeu com uma carta pública negando as acusações de Piragine e afirmando que os membros do PT têm o direito de discordar da linha partidária baseados em motivos de consciência.

“Não é a verdade que deputados do PT foram expulsos por se manifestarem contra o aborto”, escreve o deputado federal Gilmar Alves Machado. “É verdade que eles tiveram conflitos com movimentos de mulheres sobre questões relacionadas ao aborto, mas não houve expulsão. Em função desses problemas, eles foram punidos pelo PT, o que os levou a mudarem de partido”.

Primeira Igreja Batista de Curitiba

http://www.pibcuritiba.org.br/site08/index.php?option=com_content&view=article&id=927&Itemid=264
E-mail: comunicacao@pibcuritiba.org.br
Cobertura relacionada de LifeSiteNews:
Governo brasileiro se une a ONU para exortar países da América Latina a descriminalizar o aborto
http://noticiasprofamilia.blogspot.com/2010/08/governo-brasileiro-se-une-onu-para.html
Governo brasileiro busca remover programação cristã “homofóbica” de TV do horário do dia
http://noticiasprofamilia.blogspot.com/2009/05/governo-brasileiro-busca-remover.html
Presidente Lula defende aborto e uniões homossexuais
http://juliosevero.blogspot.com/2008/09/presidente-lula-defende-aborto-e-unies.html

Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com
Fonte: http://noticiasprofamilia.blogspot.com

Veja também este artigo original em inglês: http://www.lifesite.net/ldn/viewonsite.html?articleid=10091713

Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Notícias Pró-Família”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com em português tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para “NoticiasProFamilia.blogspot.com”. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Notícias Pró-Família o LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.

Um comentário:

www.gloriosojesusblogger disse...

o Senhor clareia o caminho e encoraja os Seus filhos transmitindo-lhes segurança, esperança e paz.