Seguidores

24 de jan de 2013

ELIAS E OS PROFETAS DE BAAL



ELIAS E OS PROFETAS DE BAAL

Lição 4 - 27 de Janeiro de 2013


 Texto Áureo: I Reis 18.21 "Então, Elias se chegou a todo o povo e disse: Até quando coxeareis entre dois pensamentos? Se o Senhor é Deus, segui-o; se é Baal, segui-o. Porém o povo lhe não respondeu nada".

                                             Leitura Bíblica em Classe: 1 Reis 18.36-40


A ÍNDOLE DO VERDADEIRO PROFETA E DO FALSO PROFETA

Introdução:
Um grande combate ia se desencadear no monte Carmelo. De um lado estaria quatrocentos e cinquenta profetas de Baal e mais quatrocentos profetas de Azerá, perfazendo um total de oitocentos e cinquenta profetas. Do outro lado apenas um profeta de Deus. Para quem não tinha visão espiritual, tal qual estava o povo de Israel e os demais povos pagãos, certamente a vitória desse combate pertenceria aos profetas de Acabe e Jezabel. Porém havia fiéis remanescentes escondidos dos perseguidores que mantinham a fé na vitória do profeta de Deus. Notemos aqui a grande quantidade de profetas falsos e trazendo para os nossos dias essa quantidade ainda está assustadoramente mais volumosa. Dentre eles tem os mais famosos, e, até relacionados como os mais ricos do Brasil; assim como os menos famosos espalhados por todo o país. Alguns com Igrejas grandes outros com portinhas, porém com a mesma visão da famigerada teologia da prosperidade, tirando a atenção do povo em focar o verdadeiro Evangelho. Nos tempos de Elias, a proposta dos falsos profetas era a fertilidade e prosperidade, pois esse tema na visão materialista é um forte atrativo para atrair os incautos e os explorar de todas as maneiras. Esses profetas eram tão enganadores e influenciadores que por mais de três anos mantiveram o povo na falsa esperança de que a sorte deles ia mudar e a chuva ia chegar. Diante dessa situação o povo cada vez mais se afundavam em dívidas e a sorte grande nunca acontecia. Isso está acontecendo em nossos dias com milhares de pessoas. Diante desse quadro era o momento de Deus fazer o que os deuses não conseguiram fazer durante todo esse tempo. A sorte deles ia mudar, mas era Deus que iria operar o milagre, não sem antes de esses falsos profetas serem envergonhados e destruídos para que o povo se arrependesse e proclamasse quem era o Deus verdadeiro.
1. SÓ O VERDADEIRO PROFETA PODE REVINDICAR A PRESENÇA DIVINA
- I Reis 18.36 Sucedeu que, no momento de ser oferecido o sacrifício da tarde, o profeta Elias se aproximou, e disse: Ó Senhor Deus de Abraão, de Isaque e de Israel, manifeste-se hoje que tu és Deus em Israel, e que eu sou teu servo, e que conforme à tua palavra fiz todas estas coisas.
* Porém o falso profeta não tem qualquer comunicação com Deus – I Pedro 3.12 Porque os olhos do Senhor estão sobre os justos, E os seus ouvidos atentos às suas orações; Mas o rosto do Senhor é contra os que fazem o mal.
Os falsos profetas tinham erguido altar e em volta clamavam, gritavam, cantavam, pulavam, manquejavam, rodopiavam, se autoflagelavam e tudo isso meio parecido com os re-te-te de hoje. No culto falso, há muito grito, mas não se ouve o eco da resposta divina. Quando a adoração não tem resposta divina ela é identificada como uma falsa adoração. Elias após construir um altar que seria usado unicamente para a glória de seu Deus, começa uma oração muito simples, mas porém uma oração de fé. Não precisou de gritaria, como muitos metidos a profetas fazem hoje; talvez achem que o Deus que ouve até pensamentos é surdo. Não precisou de puladeira ou danças frenéticas. Apenas um pedido direto para que Deus provasse por si só que ele era o Senhor. O contraste com o culto dos falsos profetas foi impressionante. E a resposta foi imediata: Deus mandou um fogo consumidor... E, isso foi totalmente convincente. Nosso Pai celestial tem os seus ouvidos sempre atentos às orações dos seus servos nas suas aflições, e certamente ajudará a enfrentar todo tipo de oposição ou desafios do inimigo. Quanto ao inimigo, a ira divina, seu desagrado e vingança vão confrontá-los e envergonha-los. Deus tem um cuidado especial e um amor paternal por todos os seus justos. Deus sempre ouve as orações dos fiéis. Deus é infinitamente bom, mas abomina os pecadores impenitentes, e vai derramar a sua ira sobre todos aqueles que praticam a maldade. Deus sempre fará o que é correto aos seus olhos, e fazer justiça diante das injustiças; a sua bondade não é impedimento para que Ele assim opere.
2. SÓ O VERDADEIRO PROFETA É RECEPTOR DAS REVELAÇÕES DIVINAS - I Reis 18.37 Responde-me, Senhor, responde-me, para que este povo conheça que tu és o Senhor Deus, e que tu fizeste voltar o seu coração.
* Porém o falso profeta fala de si próprio e não tem parte com Deus – Jeremias 23.31 Eis que eu sou contra os profetas, diz o SENHOR, que usam de sua própria linguagem, e dizem: Ele disse.
Deus respondeu a simples oração de Elias. A resposta foi imediata; Ele mandou fogo do céu e consequentemente o mais importante, o coração do povo se voltar novamente para Ele. Esse acontecimento também iria livrar a nação de Israel dos profetas de Baal. Elias foi um profeta que deixou grandes exemplos para serem imitados. Mostra que quando temos certeza de estarmos na direção e dentro da vontade divina, nós nos tornamos invencíveis contra o inimigo. Ele não tinha uma obediência dividida e sim uma obediência irrestrita em Deus e fidelidade com os preceitos da palavra de Deus. Não podemos ter uma obediência dividida cumprindo a palavra em alguns pontos e transformando-a em heresias em outros. Outro segredo do seu poder espiritual e que era uma ferramenta extremamente eficiente, era a oração de fé. Uma simples oração de fé demonstrou a sua comunhão perfeita com Deus, e, através dessa atitude as coisas aconteceram favoravelmente a ele. Essa também é uma lição importantíssima para nós colocarmos em prática. Também Elias cultivava uma vida totalmente dedicada ao Senhor que ninguém poderia subestimar. Deus é contra os profetas que usam o Seu nome como fonte de suas palavras e que pregam mentiras, falando aquilo que Ele não mandou falar. Estes espalham mentiras de suas próprias visões, ideias e sonhos dizendo que foi Deus que os inspirou a isso. Planejam estratégia para enganar o povo e se aproveitar da fé dos incautos.
3. SÓ O VERDADEIRO PROFETA OBTÉM RESPOSTAS CONVINCENTE DE DEUS - I Reis 18.38 Então caiu fogo do Senhor, e consumiu o holocausto, e a lenha, e as pedras, e o pó, e ainda lambeu a água que estava no rêgo.
* Porém os falsos profetas operam milagres sem autenticidade divina – Mateus 24.24 Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos.
Elias arrumou o altar e deixou-o de acordo para realizar o sacrifício. Também encharcou o altar para que não pudesse gerar dúvida na cabeça de alguém, o qual poderia dizer que a lenha estava muito seca e o calor do sol pudesse iniciar o fogo. Duvidosos têm muitos no meio do povo de Deus e os milagres divinos não podem gerar dúvidas em ninguém. O encharcamento do altar mostraria a todos que os milagres de Deus são autênticos, pois só um fogo intenso e sobrenatural poderia queimar aquela lenha e consumir o sacrifício. O fato de líderes religiosos realizarem milagres não é garantia de que tenham sido enviados por Deus. Muitos são iludidos com milagres e não estão preocupados com a fonte dos milagres, e, isso é uma oportunidade para Satanás operar milagres enganosos para manter o povo na mão dos lobos devoradores.

4. SÓ O VERDADEIRO PROFETA É USADO PARA OS PROPÓSITOS DE DEUS - I Reis 18.39 O que vendo todo o povo, caíram sobre os seus rostos, e disseram: Só o Senhor é Deus! Só o Senhor é Deus!
* Porém os falsos profetas não veem os propósitos divinos, só os seus – Filipenses 2.21 Porque todos buscam o que é seu, e não o que é de Cristo Jesus.
O desafio do profeta Elias contra os profetas de Baal foi muito além do que uma luta do bem e do mal. Ele serviu para demonstrar o poder do Deus verdadeiro, e, portanto, merecedor de toda honra e adoração. O coração do povo, até então dividido entre Deus e Baal, acabou se direcionando totalmente para o Senhor e assim baniram baal das suas vidas. Tem muitos falsos profetas que cientes desses comentários desejariam certamente a destruição deste autor. Porém a luta contra os falsos profetas, travestidos de uma fingida piedade com seus cultos falsos, deve sempre continuar e ser combatida em nossos dias, pois quem é fiel a Deus e tem visão do reino, não podem ficar calado diante de tantas heresias, apostasias, explorações e ficar parado. Assim como Elias, uma igreja militante deve levantar a sua voz a fim de que a verdadeira adoração prevaleça e o nome do Senhor seja sempre glorificado. Aquele que busca o seu próprio interesse e negligencia o interesse de Jesus Cristo, está cometendo um pecado muito sério e muito intenso e estão incluídos nisso a membrezia e ministros. O que temos visto é muitos buscando a própria glória, enriquecimento, aumento de patrimônio em vez da verdade, da santidade e do dever. Buscam as coisas que lhes trazem prazer, fama, querendo sempre estar debaixo dos holofotes ao invés das coisas do Reino de Deus. Honram-se a sí próprios, mas não se preocupam em honrar a Deus. O verdadeiro profeta tem como prioridade honrar a Deus em tudo que faz provando assim o caráter do seu ministério. É preciso ser fiel em todas as coisas com um bom testemunho de sua conduta.
5. SÓ OS VERDADEIROS PROFETAS SERÃO GUARDADOS DOS JUÍZOS DIVINOS - I Reis 18.40 E Elias lhes disse: Lançai mão dos profetas de Baal, que nenhum deles escape. E lançaram mão deles; e Elias os fez descer ao ribeiro de Quisom, e ali os matou.
* Porém os falsos profetas na sua loucura caminham para o juízo final – Mateus 7.22 Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas?

Deus deu uma resposta extrema a todo aquele sincrestimo religioso com uma decisão embasada na própria lei que determinava a destruição de todos que arrastassem o povo de Deus para a idolatría. O desafio de Elias contra os profetas de baal foi muito além do que uma simples luta entre o bem e o mal. Ela serviu para demonstrar explicitamente quem de fato era o verdadeiro Deus, e merecedor de toda adoração. O povo não poderia permanecer com o coração dividido entre Deus e baal. O pecado precisa ser tratado como pecado sem passar panos quentes e deve ser arrancado com toda firmeza doa a quem doer. Aquele que é fiel a Deus deve sempre lutar contra a falsa adoração e o falso evangelho. Não podemos negar isso, pois ao nosso redor vemos as heresias se proliferando com seus cultos falsos transvestidos da piedade cristã. Assim como Elias, a igreja militante deve levantar a voz contra esses falsos profetas, mercenários da fé, a fim de que o verdadeiro evangelho prevaleça. O espírito de Jezabel tem como objetivo dominar e ter o controle sobre as pessoas. E, esta é uma forte razão de estarmos alertando e combatendo esse fascínio do povo por esse espírito maligno. Há muitos falsos profetas conduzindo o povo para o caminho espaçoso, facilitando a entrada de todos usando um chamativo com a ilusão do evangelho fácil e próspero materialmente. Acontece que no final desse caminho, há destruição. Como se preparar para alcançar a vida eterna? É muito simples: fazendo a vontade de Deus, com obediência a sua vontade provando a nossa fé em Cristo. Tal prova de nossa fidelidade não significa sair dizendo Senhor, Senhor, e, não estar debaixo de suas ordens. Aquele que nasce de novo tem o Espírito de Deus habitando dentro de si, pois a palavra diz que todos que são filhos de Deus, são guiados pelo Espírito de Deus. Assim o amor de Deus está presente em nosso coração motivando-nos a servir a Deus e ao próximo. As palavras de quem prega ou exerce atividade religiosa são é sinônimo da obediência. Pregar, expulsar demônios, e operar milagres não garante a salvação de ninguém. A bíblia diz que nos últimos dias, Satanás usará prodígios e mentiras para enganar as pessoas. É preciso curvar-se a vontade do Senhor, e submeter-se a sua autoridade, pois do contrário, irão para a condenação do juízo final.

Ajude a divulgar esta obra. Envie a url do site para os seus contatos.
O Esboço é elaborado pelo texto bíblico da lição.
Pastor Adilson Guilhermel - Th.M

Nenhum comentário: