Seguidores

22 de out de 2008

Grupo gay perseguidor de cristãos recebe condecoração e ajuda do governo LULA para entrar na ONU

Grupo gay perseguidor de cristãos recebe condecoração e ajuda do governo Lula para entrar na ONU

Julio Severo

Não é difícil ver que a introdução de leis anti-homofobia tem como objetivo muito mais do que só proteger o comportamento homossexual. Visa também eliminar a liberdade de quem não concorda com essa prática sexual. Esse tem sido o resultado típico no mundo inteiro, onde as maiores vítimas sempre são a liberdade religiosa e o bem-estar das famílias.
Em defesa do casamento: quando direitos são usados para exterminar a liberdade:
http://juliosevero.blogspot.com/2008/08/em-defesa-do-casamento-quando-direitos.html

Com a introdução na ONU de pioneira resolução brasileira classificando o homossexualismo como direito humano inalienável em 2003, 2004 e 2005, deu para ver também que o governo Lula está determinado a sacralizar o homossexualismo a nível internacional.
Aconteceu em 2003: Ativistas gays ameaçam campanha agressiva para que paí­ses apóiem resolução do Brasil na ONU
http://juliosevero.blogspot.com/2003/06/ativistas-gays-ameaam-campanha.html

Aconteceu em 2004: Governo Lula luta para favorecer homossexualismo na ONU
http://juliosevero.blogspot.com/2004/04/governo-lula-luta-para-favorecer.html
A Agenda Gay e a Sabotagem dos Direitos Humanos
http://juliosevero.blogspot.com/2004/01/agenda-gay-e-sabotagem-dos-direitos.html

Até mesmo na Organização dos Estados Americanos o governo Lula tem levantado a bandeira do Brasil a favor do homossexualismo. Nunca antes o Brasil teve um governo tão obcecado por sexo fora dos padrões normais.
Organização dos Estados Americanos aprova resolução de “direitos humanos” homossexuais
http://juliosevero.blogspot.com/2008/06/organizao-dos-estados-americanos-aprova.html

Agora, para que ninguém tenha dúvida das implicações e ligações da defesa de direitos homossexuais com perseguição de cristãos, o governo Lula acabou de ajudar a entrar na ONU a ABGLT (Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Travestis e Transexuais), o mesmo grupo responsável por ações contra Silas Malafaia, VINACC, Julio Severo e outros cristãos.
Toni Reis, o presidente da ABGLT, declarou de forma eufórica: “Estaremos dentro da ONU e levaremos de forma diplomática a nossa questão. Estamos muito orgulhosos. O apoio da comissão brasileira foi fundamental. Mesmo com inúmeros interesses comerciais o governo brasileiro nos defendeu”. (http://www.acapa.com.br/site/noticia.asp?codigo=6057)

As ações da ABGLT contra Malafaia, VINACC, Severo e outros cristãos ocorreram exclusivamente porque eles defendem a posição da Bíblia de que o homossexualismo é pecado. A ABGLT mantém a interpretação radical de que tais opiniões são equivalentes a posturas criminosas.

ABGLT entra com ações legais por crime de ódio contra cristãos brasileiros
http://juliosevero.blogspot.com/2007/11/homossexuais-brasileiros-entram-com-aes.html
ABGLT pede providências contra o programa de TV “Vitória em Cristo” do Pr. Silas Malafaia
http://juliosevero.blogspot.com/2007/08/grupo-gayzista-pede-providncias-contra.html
ABGLT lança múltiplas ações legais para silenciar a oposição cristã
http://juliosevero.blogspot.com/2007/08/grupos-gays-brasileiros-lanam-mltiplas.html
Depois de todas essas ações contra os cristãos, a ABGLT recebeu em 2008 a Ordem do Mérito Cultural do governo Lula (http://www.cultura.gov.br/site/2008/10/02/ordem-do-merito-cultural-2/). No ano passado, quem ganhou essa mesma condecoração foi Luiz Mott que, a semelhança da ABGLT, tem se destacado por ações contra os cristãos.
Luiz Mott publica os endereços residenciais de ativistas pró-família
http://juliosevero.blogspot.com/2008/05/lder-homossexual-publica-os-endereos.html

Os cristãos são obrigados a ficar quietos enquanto grupos gays radicais recebem apoio, dinheiro e condecorações do governo brasileiro por intimidarem os cristãos.
Se as leis anti-homofobia forem aprovadas e cristãos forem presos, mais grupos gays serão condecorados, pois na mentalidade do governo Lula e dos militantes gays a defesa do homossexualismo tem tudo a ver com a eliminação da liberdade de os cristãos expressarem a opinião de Deus acerca da sodomia.

Fonte: http://www.juliosevero.com/

Nenhum comentário: