Seguidores

22 de out de 2008

Homossexual mata pai a golpe de estilete e imprensa não coloca nas estatísticas de gays criminosos

Homossexual mata pai a golpe de estilete e imprensa não o coloca nas estatísticas de gays criminosos

23/10/2008

Jorge Nilson

Jovem mata o pai em Candeias

"Jailson Souza da Silva, de 22 anos, matou o pai, Jurandir Xavier da Silva, de 55 anos, por volta das 21horas de ontem, na casa onde moravam, na rua Getúlio Vargas, bairro da Areia, em Candeias. De acordo com a polícia, o acusado golpeou o pai no pescoço utilizando um estilete. Em depoimento, Jailson, que se apresentou à polícia, afirmou ter agredido Jurandir porque ele estava batendo em sua mãe".
Fonte: Aratu on line do dia 21/10/2008
Infelizmente noticia como esta já não é novidade, pois a cada dia aumenta o número de assassinatos entre parentes. O que nos admira é que quando a vítima é homossexual, tanto os ativistas homossexuais como a imprensa, colocam como crime de "homofobia" não importando se foi assalto, briga ou um crime sem nenhuma conotação dita "homofóbica". Basta ser gay a vítima, logo logo é colocado nas estatísticas a favor dos interesses homossexuais.
Se nesse crime o pai tivesse sido o assassino, a gritaria dos pervertidos sexuais, a mídia liberal gritaria por medidas urgentes contra a “homofobia assassina e insana".
Como sempre o povo é enganado e manipulado pelos defensores desta prática que segundo a Bíblia é perversão sexual.

http://juliosevero.blogspot.com/2007/03/onde-esto-os-espancadores-e-assassinos.html
http://jorgenilson.blogspot.com/2008/07/gays-matam-gay-e-tv-aratu-e-o-ggb.html

Nenhum comentário: