Seguidores

16 de abr de 2012

Ordenação de Pastora : O que a Bíblia diz ? Parte 7

 Ordenação de Pastora : O que a Bíblia diz ? Parte 7

O Ministério Da Mulher 

Uma das características de grande parte da Igreja Evangélica Brasileira é a sua avidez por novidades. Vários segmentos evangélicos não se contentam mais com a antiga doutrina pregada pelos apóstolos e pais da Igreja — que uma vez deturpada foi mais tarde defendida pelos reformadores — e vivem numa busca constante de novidades e modismos doutrinários. Nos últimos anos, vimos vários ensinos e práticas controvertidos invadir os púlpitos e infestar a mídia evangélica, tais como, quebra de maldições hereditárias, cura interior, espíritos territoriais, mapeamento espiritual, galacionismo (que é a tentativa de levar a igreja à práticas e ensinos do Velho Testamento, como a guarda do sábado e das festas de Israel), dentre muitos outros, não nos esquecendo do movimento G-12 / Encontro que mais tem dividido igrejas atualmente.

Agora, surge em nosso meio a questão sobre o ministério pastoral feminino, ou seja, temos base bíblica para a ordenar pastoras? Os que apóiam esta teoria se defendem alegando discriminação, preconceito e machismo contra a mulher por parte daqueles que preferem ficar com a Bíblia e não vêem este ministério contido nela. Não podemos olhar pelas lentes da capacidade da mulher como querem, não é esta a discussão, todos sabemos que a mulher tem capacidade ímpar, mas sim devemos olhar para a Palavra de Deus.

Muito argumento é usado por parte daqueles que defendem a ordenação de pastoras, porém sem nenhuma base Bíblica, para iniciar este assunto começo destacando os seguintes tópicos:

1. O Valor da Mulher segundo a Bíblia;
 

2. A posição da Mulher segundo a Bíblia e o Presbitério
 

3. Argumentos refutáveis;
 



4. Bíblia x Modismo.
 

É bom lembrar que não pretendo neste opúsculo, desrespeitar autoridades por Deus constituídas, nem aqueles que defendem a ordenação de pastoras. Mas já vimos homens de Deus consagrados que uma vez se apoiando em suas experiências espirituais, esqueceram a Bíblia e estão “ passando do evangelho ” Gálatas 1:6b .

1. O Valor da Mulher segundo a Bíblia
 

Seríamos ignorantes em afirmar que a mulher não tem valor, pela palavra de Deus, vemos que a mulher tem um valor maravilhoso, e muitas vezes não é reconhecido. Muitos versículos poderiam ser usados aqui para descrever o valor da mulher, mas vamos ver à luz de Provérbios 31 “A Mulher virtuosa”.

- Diligente e prendada, portanto treinada e instruída, vers. 13, 19, 22.

- - Proprietária de Terras e bem-sucedida mulher de negócios, vers. 16, 23.

- - Benfeitora dos pobres e necessitados, uma filantropa e benfeitora dos pobres e necessitados, vers. 20

- - Sábia e possuindo opinião respeitada, vers. 26.

Somente nesta passagem Bíblica vemos o quanto a mulher é valorizada, isto é quando sábia, e hoje infelizmente em muitas denominações ela não é respeitada, a Bíblia nos ensina a necessidade de destacarmos o ministério da Mulher.

Uma antiga estória judaica demonstra como era importante a mulher em Israel. A estória diz que certa vez um homem casou-se com uma mulher eles não tinham filhos, portanto decidiram divorciar-se, o ex-marido casou-se com uma mulher ímpia o qual o tornou ímpio também, a ex-mulher dele casou-se com um homem ímpio e fez dele um homem reto, pio. Moral da estória, é que a influência da mulher determina a vida espiritual da família e da nação, “... se alguns dos maridos não obedecem à palavra, pelo procedimento das mulheres sejam ganhos sem palavra...” I Pedro 3:1b “... pois o marido incrédulo é santificado pela mulher...” I Coríntios 7:14a.

Nosso Presbitério sempre valorizou as mulheres, nosso estatuto dá imensa área de atuação à mulher, não seria um título, como o de pastora, que a faria mais capacitada ou habilitada para desenvolver seu potencial como, pregadora, conselheira, dirigente de departamentos, etc. Muito ainda poder-se-ia falar sobre o valor da mulher, mas este opúsculo seria pequeno para isto.

2. A posição da Mulher segundo a Bíblia e o Presbitério;
 

Exemplos da posição de Mulheres na Bíblia:

- - Eva companheira, adjutora, chamada a estar ao lado do marido.

- - Miriã foi profetiza e cantava louvores, Ex. 15:20, 21, esteve ao lado de Moisés e Arão, Mq. 6:4 na liderança do povo de Israel;

- - Débora, profetiza e Juíza, Jz 4:4, 5, liderou um ataque ao inimigo;

- - Hulda, II reis 22:14, inspirou o rei Josias as mais amplas reformas morais e espirituais já registradas tendo como resultado um grande avivamento;

- - Maria, Mãe de Jesus;

- - Ana a profetiza, Lc 2:36, 37;
 

- - Uma pregadora Jo. 4;28,29,39;
 

- - Mulheres que sustentavam a Jesus, Lc 8:2,3;
 

- - Mulheres ao lado da cruz, Jo 19:25 e Mc 15:47;
 

- - Mulheres anunciaram a ressurreição, Jo 20:1, Mt 28:8;
 

- - Veja sobre Débora no final deste opu’sculo
 

Quando Jesus ordenou “Ide a todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura” nesta comissão a mulher estava incluída, o mesmo ocorre quanto aos sinais “...Estes sinais seguirão aos que crêem” Mc 16:17 , e também as mulheres se incluem naquela maravilhosa promessa : “Aquele que crê em mim Mim, fará as obras que eu faço” Jo 14:12. Mas em nenhuma parte da Bíblia vemos o ministério pastoral feminino, ainda que a mulher desempenhe um trabalho que se aproxime do ministério pastoral, contudo não a torna uma pastora, se abrirmos brechas segundo argumentos estaremos nos rendendo a precedentes inimagináveis, tais como ordenar crianças ao ministério, aceitar homossexuais como ministros só porque são excelentes como pessoa, conforme está escrito “Um abismo chama outro abismo” Salmos 42:7.

Palavra do Presbitério sobre o Ministério da Mulher, Manual página 10 diz:
 

Cremos que todas as mulheres que se tornam cristãs... e como membros efetivos da igreja recebem dons espirituais que as capacitam a exercer ministério específicos, no Lar, Igreja e Sociedade.

As mulheres cristãs sob autoridade...devem ter oportunidade para se dedicarem ao serviço cristão através da sua igreja, conforme habilidade e dons.

Deus soberanamente vocaciona...mulheres para exercerem ministério específicos, AUXILIANDO e SUPLEMENTANDO...nunca COMPETINDO, ou DESAUTORIZANDO o homem.

Ministérios reconhecidos:Ministério de educação secular, Ministério de assistência Social, Ministério de aconselhamento, Ministério de evangelismo, Ministério de missões, Ministério de oração e intercessão.


Nenhum comentário: