Seguidores

15 de abr de 2012

Assembleia de Deus do Brás recebe obreiros do Rev. Moon


Assembleia de Deus do Brás recebe obreiros do Rev. Moon

 

Falso messias, com suas entidades de “paz e amor”, engana líderes da CONAMAD

Julio Severo
A Assembleia de Deus do Brás (SP), que está sob a responsabilidade do Pr. Samuel Ferreira, recebeu obreiros do Rev. Moon. A denúncia foi feita pelo Pr. Enoque Lima, que também é pastor assembleiano e vem há anos desmascarando o envolvimento de líderes assembleianos com líderes ligados ao Rev. Moon.
O Pr. Samuel Ferreira é filho do Bispo Manoel Ferreira. O evento na Assembleia de Deus do Brás está registrado aqui: http://youtu.be/F0Iq0hQKL9A




A primeira denúncia contra o envolvimento do Bispo Manoel Ferreira com o Rev. Moon foi feita por este artigo do meu blog: As tolices de Manoel Ferreira com um anticristo
Essa primeira denúncia inspirou o Pr. Enoque a se empenhar incansavelmente em ajudar sua denominação, a Assembleia de Deus Ministério Madureira (CONAMAD), a se libertar dessa ligação profana.
Eu não sou assembleiano, mas dou meu apoio a todos os assembleianos da CONAMAD que querem ver sua denominação liberta de ligações com os seguidores e instituições de um homem que se considera um messias melhor do que Jesus. Dou glória a Deus que meu blog tenha sido agraciado de dar o pontapé inicial para expor esse grave problema na CONAMAD.
Os Evangelhos nos avisam da chegada de anticristos e falsos messias. Precisamos dar atenção aos Evangelhos.
Se os seguidores do Rev. Moon quiserem entrar numa Assembleia de Deus ou outra igreja para ouvir o Evangelho e aceitar o único e verdadeiro Messias, as portas devem estar abertas. Mas se quiserem vir apenas para pescar nosso apoio às causas do falso messias, as portas devem estar fechadas.
Por favor, retransmita este artigo de alerta a todos os líderes assembleianos que você conhece. Ajudemos a CONAMAD a se libertar dos enganos do falso messias. Copie e redistribua o vídeo sem demora, antes que os seguidores do falso messias acionem a injusta justiça contra nós.
Divulgação:www.jorgenilson.com

Nenhum comentário: