Seguidores

1 de set de 2011

Polícia prende 71 em festa erótica na Bahia (Senhor do Bomfim)

NORDESTE // 41 ADOLESCENTES

Polícia prende 71 em festa erótica na Bahia

Publicado em 31.08.2011, às 07h30

Sessenta e uma pessoas, das quais 41 adolescentes de 12 a 17 anos, foram detidas pela Polícia Civil de Senhor do Bonfim, a 375 quilômetros de Salvador, na noite de domingo, quando participavam de uma festa intitulada Erótiko's Fest, convocada na internet através de uma rede social. A festa foi descoberta pelo Comissariado da Infância e Juventude, que denunciou ao Ministério Público. O evento era regado a cocaína, estimulantes sexuais, preservativos e bebidas alcoólicas.

Com mandado de busca e apreensão expedido pelo juiz Tardelli Boaventura, a polícia acabou com a festa que em seu cartaz de divulgação anunciava bebida de graça e estipulava que mulheres deveriam obrigatoriamente trajar biquínis para ter entrada gratuita e os homens pagariam entre R$ 15 e R$ 20.

A casa onde ocorreu o evento é um sobrado com piscina e churrasqueira no terraço. A casa estava desocupada e foi alugada apenas para a festa. No local, a polícia encontrou uma quantidade não especificada de droga, incluindo cocaína, e o dinheiro da venda de ingressos. Estão presos Rodrigo Emanuele Oliveira de Carvalho por tráfico e Vitor Alves por tráfico e por fornecer álcool a adolescentes, ambos de 18 anos. Os demais foram ouvidos e liberados. "Os 41 adolescentes foram encaminhados ao fórum e liberados com a presença dos pais, que assinaram termo de compromisso", informou o delegado regional Felipe Nery.

Vitor Alves foi quem organizou a festa e alugou a casa. A polícia vai continuar as investigações e ainda deve ouvir outras pessoas. A promotora da Infância e Juventude, Ítala Suzana da Silva Carvalho Luz, fez um alerta aos pais dizendo que "executem vigilância mais efetiva dos locais frequentados pelos filhos, das companhias que dizem ter, evitando a presença deles em ambientes perniciosos".

Além disso, ela ressaltou a importância de os responsáveis ficarem atentos aos acessos à internet, meio utilizado para fazer a publicidade da festa. "Esse tipo de festa é realizada no horário da tarde para a noite e com hora de terminar, já mostrando a intenção de despistar mais fácil os pais desses adolescentes", disse Ítala.

Para ela, é preciso haver mais campanhas de conscientização dos perigos das drogas e álcool com envolvimento maior dos pais. "Precisamos ainda de políticas públicas de orientação aos pais para que retomem aquela educação com mais controle sobre seus filhos", frisou.

Fonte: Agência A Tarde

Divulgação: www.jorgenilson.com

Nenhum comentário: