Seguidores

3 de mar de 2012

Lição 10 - 04 março de 2012


Lição 10 - 04 março de 2012
Texto Bíblico: Gálatas 6.16. E a todos quantos andarem conforme esta regra, paz e misericórdia sobre eles e sobre o Israel de Deus.
Leitura Bíblica em classe: Efésios 2.11-13; Romanos 11.1-5

A PROSPERIDADE REAL ESTÁ NAS BENÇÃOS DE PAZ E MISERICÓRDIA

1. COM BENÇÃOS DE PAZ VEIO A VERDADEIRA PROSPERIDADE
* Éramos um ninguém agora através de Cristo somos alguém - Efésios 2.11 Portanto, lembrai-vos de que vós noutro tempo éreis gentios na carne, e chamados incircuncisão pelos que na carne se chamam circuncisão feita pela mão dos homens; Efésios 2.6 E nos ressuscitou juntamente com ele e nos fez assentar nos lugares celestiais, em Cristo Jesus;
* Éramos inimigos de Deus agora através de Cristo somos filhos - Efésios 2.12 Que naquele tempo estáveis sem Cristo, separados da comunidade de Israel, e estranhos às alianças da promessa, não tendo esperança, e sem Deus no mundo. I João 3.1 VEDE quão grande amor nos tem concedido o Pai, que fôssemos chamados filhos de Deus. Por isso o mundo não nos conhece; porque não o conhece a ele.
* Estávamos longe de Deus, e o sangue de Cristo nos aproximou - Efésios 2.13 Mas agora em Cristo Jesus, vós, que antes estáveis longe, já pelo sangue de Cristo chegastes perto. Colossenses 1.21 A vós também, que noutro tempo éreis estranhos, e inimigos no entendimento pelas vossas obras más, agora contudo vos reconciliou
2. A VERDADEIRA PROSPERIDADE TEM A MISERICÓRDIA DIVINA
* Deus nunca rejeita aquele que faz parte do seu pacto - Romanos 11.1 DIGO, pois: Porventura rejeitou Deus o seu povo? De modo nenhum; porque também eu sou israelita, da descendência de Abraão, da tribo de Benjamim. Levítico 26.9 E para vós olharei, e vos farei frutificar, e vos multiplicarei, e confirmarei a minha aliança convosco.
* Deus nunca rejeita um povo que se tornou a sua herança - Romanos 11.2 Deus não rejeitou o seu povo, que antes conheceu. Ou não sabeis o que a Escritura diz de Elias, como fala a Deus contra Israel, dizendo: Efésios 1.11 Nele, digo, em quem também fomos feitos herança, havendo sido predestinados, conforme o propósito daquele que faz todas as coisas, segundo o conselho da sua vontade
* Deus nunca desampara todos aqueles que lhe são fiéis - Romanos 11.3 Senhor mataram os teus profetas, e derribaram os teus altares; e só eu fiquei, e buscam a minha alma? Salmos 37.28 Porque o Senhor ama o juízo e não desampara os seus santos; eles são preservados para sempre; mas a semente dos ímpios será desarraigada.
* Deus reserva para si todos que o servem com fidelidade - Romanos 11.4 Mas que lhe diz a resposta divina? Reservei para mim sete mil homens, que não dobraram os joelhos a Baal. Hebreus 10.23 Retenhamos firmes a confissão da nossa esperança; porque fiel é o que prometeu.
* Deus mostra que seus propósitos salvíficos não falham - Romanos 11.5 Assim, pois, também agora neste tempo ficou um remanescente, segundo a eleição da graça. Efésios 1.4 Como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em amor;


EDITORIAL TEOLÓGICO.

PROSPERIDADE É TER O NOME ESCRITO NO LIVRO DA VIDA

O tema em pauta relacionado à Igreja verdadeiramente próspera é direcionado para a igreja organismo, ou seja, nós individualmente como Igreja do Senhor Jesus Cristo e não a Igreja organização.
A verdadeira prosperidade consiste em ser exclusivamente uma nova criatura em Cristo Jesus. Isto acontece através de uma operação espiritual desejada pela alma perdida, que remove a pecaminosidade e o mundanismo. Para haver essa nova realidade na vida de um pecador é necessário um arrependimento verdadeiro o qual promoverá uma conversão genuína seguida de uma vida de santificação e transformação que vai de glória em glória pela atuação do Espírito Santo.
A igreja é o Israel espiritual, ou seja, uma entidade composta de todos os verdadeiros seguidores de Cristo, que depositam nEle sua total confiança. As bênçãos de paz e de misericórdia vieram para abrir os olhos espirituais e promover a restauração e remoção de todas as barreiras que causavam hostilidades entre o homem e Deus.
Será que o pecador afundado num charco de lodo e lama pode gozar de alguma prosperidade, mesmo tendo muitos recursos materiais e financeiros; é evidente que não, pois a verdadeira prosperidade é termos a promessa de sermos co-herdeiros com Cristo e herdeiros de Deus e de estarmos assentados com Ele nas regiões celestiais. Está no fato de sermos um novo ser, ou seja, um ser celestial. A conversão é o começo da caminhada que envolverá perseguições, lutas, dificuldades, sofrimentos e muito mais; situações essas que devemos transpor para alcançarmos o prêmio que nos está proposto caso sejamos vencedores em nossa carreira cristã.
Os pregadores da prosperidade, desde os tempos contemporâneos aos dos apóstolos e os dos nossos tempos dificilmente enfocam que devemos ter como alvo principal a visão da recompensa que Deus tem reservado para nós, e que são condicionais a uma vida regrada nos preceitos divinos, mas, pelo contrário levam multidões a uma visão presente na busca desenfreada de alcançar satisfação própria aos interesses infinitos de Deus que envolve todo o universo. A recusa em desejar esse bem é uma violação de uma obrigação infinita ou ilimitada, implicando em culpa ilimitada, porque buscam a prosperidade física e materiais afetando com isso toda uma espiritualidade que deveria estar sendo desenvolvida, para que a alma possa ser transformada a imagem de Cristo e alcançar e conquistar as promessas divinas. Dessa maneira o povo é desviado do caminho da verdade e entra numa estagnação espiritual sufocada pelas doutrinas materialistas pondo em risco de perdição, os milhares de almas manipuladas pelos lobos do evangelho com suas falsas doutrinas e com isso muitos perderão a verdadeira prosperidade prometida por Deus que são eternas e não temporais como se pregam. Para quem está impressionado com aqueles que estão fazendo milagres tanto na área física ou financeira seja os dos mega templos ou até os das portinhas, e se deixando levar por esses que parecem ser e não são e é bom atentar para esse texto que diz em Mateus 24.24 Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos, e em Mateus 7.15 Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores. Lembre-se que somos atalaias do Senhor e temos que defender o evangelho pleno da graça, com todos os meios a nossa disposição.

Seja um atalaia de Jesus divulgando esse trabalho para todos quanto for possível e pode ter certeza que Ele vai se agradar da tua atitude.

O esboço é elaborado exclusivamente pelo texto bíblico da lição. 

 Pela ética cristã, se você usar os esboços mencione a fonte.
 
Pastor Adilson Guilhermel

Divulgação:www.jorgenilson.com

Nenhum comentário: