Seguidores

20 de abr de 2011

"Só no ano passado faturei US$100 milhões", revela Dr. Hollywood


"Só no ano passado faturei US$100 milhões", revela Dr. Hollywood




Robert Rey, o médico mais famoso e polêmico do mundo, fala sobre sua fama de homossexual e revela que jovens querem ser como ele.


(Parte da entrevista do IG ao Dr. Rey)


Sobre sua fé, ele responde a seguinte pergunta:

iG: Você é uma pessoa religiosa?

Dr. Rey: Trinta mil pacientes, cinco infecções. Estatisticamente isso não é possível. Zero mortes. Como você acha que eu fiz isso? Passei muitas horas de joelhos. E pagando o dízimo cada mês. Dez por cento.

Sobre a sua situação anterior ao sucesso:

iG: Como saiu dessa situação?

Dr. Rey: Um dia batem na minha porta e eram dois missionários americanos, que me levaram para os Estados Unidos. Foi assim. A família era tão culta, que de filho de faxineira acabei me formando em Harvard.

Sobre sua maneira de ver o futuro:

iG: Qual o seu maior sonho hoje?
Dr. Rey:
Estar perante do meu Deus, e falar: “Olha eu fiz os meus errinhos, mas eu melhorei a condição humana. E não tem que olhar para baixo. Eu quero olhar nos olhos de Deus. Quero também poder falar: “Fui leal a minha esposa, fui bom pai”.

Sobre seu pensamento sobre o homossexualismo, ele deixa claro que não aceita essa maneira de viver:

iG: Você se incomoda de as pessoas acharem que você é gay?
Dr. Rey:
Quebrei o braço de um gringo lá em Nova York. Durante um desfile, num teatro gótico superlegal. Saindo do teatro, eu escuto: “Rey, quando você vai sair do armário?”. Escutei 150 vezes e sorri, desliguei. Mas foi 151 vezes. Eu tirei meu paletó – claro, não ia estragar meu Versace de US$ 6 mil -, esvaziei meu bolso, tirei meu pó M.A.C., só pra ele ver que eu tinha, e disse: ‘O que você falou de mim? Vou te dar uma surra’. A alta sociedade de Nova York abriu uma roda e viu a luta. Aquele gringo nunca mais vai chamar brasileiro de viado. Todo mundo aplaudiu.


Fonte: IG

Divulgação: www.jorgenilson.com


Nenhum comentário: