Seguidores

10 de abr de 2013

E se a luz não brilhar? E se o sal for insípido?

Como resposta a esta postagem do dia 13 de março de 2013 :(http://jorgenilson.blogspot.com.br/2013/03/como-identificar-se-uma-igreja-e.html) sobre as igrejas e "pastores" que estão contra o pastor Marco Feliciano, lanço este post para uma reflexão

Jorge Nilson


Pastor ou Ministro do Evangelho - São os títulos atribuídos ao ministro religioso no Cristianismo. Em algumas denominações o ministério pastoral é reconhecido como o mais alto patamar eclesiástico. Dependendo da posição e da denominação, o ministro religioso pode ser chamado de pastor, reverendo, presbítero, missionário, bispo (em Igrejas Luteranas, Presbiterianas Anglicanas e Pentecostais), diácono (embora em algumas igrejas essa posição não seja de ministro), ancião (em algumas igrejas pentecostais, como a Congregação Cristã no Brasil) e, recentemente, apóstolo. O rito de investidura do pastor é chamado ordenação ou consagração.
De acordo com o apóstolo Paulo, uma Igreja Local poderia ser dirigida por uma equipe de pastores. Dependendo do ramo da Igreja, a função do pastor é desempenhada pelo presbítero ou bispo. Há situações no Novo Testamento onde esses termos parecem ser sinônimos. Nos países de língua inglesa é normal referir-se aos párocos católicos romanos como pastor.
A função do Pastor
No geral, é dever do pastor dirigir a Igreja Local e cuidar de suas necessidades espirituais. Em Atos 20.28-31, estão discriminadas algumas atribuições específicas do pastor, tais como: apascentar a Igreja, refutar heresias doutrinárias e exercer vigilância contra pretensos opositores.
A figura do pastor é primordial para que a Igreja alcance seus propósitos, devendo o mesmo ter como modelo o próprio Jesus Cristo, qualificado como "o bom pastor"

Biblicamente como saber que um pastor recebeu uma consagração verdadeira?
Como alguém pode tornar-se um pastor?
O que a Bíblia diz?

Os discípulos de Jesus frequentemente discutiam sobre quem seria o maior no reino. Muitas vezes Jesus ensinou-lhes que o povo do seu reino não está em busca de posição, "status" e honra. Ele ensinou que o maior é aquele que se humilha (note Mateus 18:1-4; 20:20-28; Marcos 9:33-37; João 13:1-20). Jesus advertiu contra o uso de títulos especiais e o desejo de lugares especiais (Mateus 23:5-12). Não há hierarquia entre os verdadeiros filhos de Deus, mas simplesmente várias maneiras de servir.

No Novo Testamento, homens eram indicados como pastores em cada igreja, depois que ela tivesse tido tempo suficiente para desenvolver homens que satisfizessem as qualificações (Atos 14:23; Tito 1:5-9; 1 Timóteo 3:1-7). Esses homens eram também chamados bispos e anciãos. Nenhuma destas palavras era para ser título para elevar esses homens a uma posição de glória especial, mas simplesmente para descrever o trabalho que lhes competia. Pastores têm que cuidar do crescimento e desenvolvimento espiritual do rebanho do Senhor (observe Atos 20:28; 1 Pedro 5:2-3). Em 1 Pedro 5, a advertência é feita sobre o perigo de pastores se tornarem ditadores sobre o rebanho. Deus não queria que as igrejas imitassem as pirâmides da organização das empresas e dos governos (Marcos 10:35-45).

As qualificações para os pastores dadas na Bíblia (Tito 1:5-7; 1 Timóteo 3:1-7) mostram que eles têm que ser casados e ter filhos que servem ao Senhor. Eles têm que ser homens espirituais, devotos, honestos, que conhecem e podem ensinar a palavra de Deus. É interessante notar que entre essas qualificações do pastor não há menção a preparação em seminários, habilidade para negócios ou ordenação por alguma organização religiosa. Em vez disso, estas exigências pedem homens humildes, justos, que possam guiar outros cristãos a crescerem para serem mais como Cristo.

Mesmo quando homens qualificados de acordo com as Escrituras são escolhidos e servem bem como pastores, temos que nos lembrar de dar a Deus o crédito pelo crescimento (1 Coríntios 3:4-8). Pastores são simplesmente servos. (por Gary Fisher).
Hoje torna-se difícil identificar quem realmente são pastores biblicamente falando. Ou seja, foram consagrados ou ordenados de maneira correta. Posso me autoconsagrar a pastor? Um pastor pode simplesmente consagrar outro?
Trabalhei (como presbítero – sempre fui assembleiano) em  um certo campo, onde uma igreja (que não era Assembleia de Deus) precisava de um pastor. Havia um certo obreiro desta igreja que através de um conselho de pastores – em vários municípios há esses conselhos formados por pastores de várias igrejas – foi consagrado a pastor através de uma solenidade. Ou seja, vários pastores de várias igrejas, reunidos, ordenaram este obreiro a pastor (ministro do Evangelho). Essa igreja não tinha convenção. Era uma igreja local, nova e o seu pastor morreu. E agora o que fazer? Indicaram este obreiro e o mesmo foi ordenado a pastor através deste conselho de pastores da cidade.
Paulo escrevendo a Tito, no cap. 1:5 “Por esta causa te deixei em Creta, para que pusesses em boa ordem as coisas que ainda restam, e de cidade em cidade estabelecesses presbíteros, como já te mandei:”
Tito tinha autoridade de consagrar pastores locais (presbíteros). Em Atos no capítulo 13: 1-3  “E na igreja que estava em Antioquia havia alguns profetas e doutores, a saber: Barnabé e Simeão chamado Níger, e Lúcio, cireneu, e Manaém, que fora criado com Herodes o tetrarca, e Saulo. 2 E, servindo eles ao Senhor, e jejuando, disse o Espírito Santo: Apartai-me a Barnabé e a Saulo para a obra a que os tenho chamado. 3 Então, jejuando e orando, e pondo sobre eles as mãos, os despediram”.
Barnabé, ou era profeta ou doutor, mas foi enviado pelo Espírito Santo, juntamente com Paulo, que figurava entre os profetas e doutores. No entanto, este mesmo Paulo, anos mais tarde, ordena Tito a consagrar presbíteros em Creta.
No Antigo Testamento, só sacerdote consagrava sacerdote e havia um cerimonial para tal: O Senhor ordenou cerimônias e sacrifícios específicas para consagrar um sacerdote, nos quais eram levados sete dias. A cerimônia envolvia o oferecimento de um boi e dois carneiros juntos, com pães sem fermento, e uma oferta de bebida, de vinho. Há menção específica da unção de Arão com óleo, e o fato de que cada um dos sacerdotes participava impondo as mãos no sacrifício para identificar-se com ele. Também, cada sacerdote eleito participou de uma porção do sacrifício em um banquete cerimonial. O sacerdote eleito foi lavado cuidadosamente com água (como um tipo de pureza pessoal ou santificação), e eles também foram aspergidos com sangue (como um tipo de pureza legal ou justificação).
Antes de que qualquer sacerdote pudesse cumprir o seu chamado, ele tinha que passar por um ritual solene que durava sete dias. As instruções dadas por Deus começaram com a declaração:
Exôdo 29:1 "Isto é o que lhes hás de fazer, para os santificar, para que me administrem o sacerdócio..."
O que segue é um ato de consagração para o serviço e para 'santificar', ou seja, 'estabelecer algo ou separar alguém' para o serviço particular de Deus. A cerimônia foi ministrada por Moisés e aconteceu à entrada do tabernáculo dentro do pátio. (Jesusnet)
E hoje como descobrir se um pastor passou por toda observância do Novo Testamento para ser realmente reconhecido o seu pastorado?
Diante da polemica sobre a eleição do pastor Marco Feliciano na presidência da Comissão dos Direitos Humanos e Minorias, e o grande número de “pastores” e igrejas conforme lista abaixo, fica a pergunta: se o pastorado é um chamado de Deus, com objetivo de pastorear, cuidar, ensinar, administrar as coisas santas, como é que um grupo de pastores se unem aos ativistas gays, aos ativistas pro-aborto e ativistas da liberação da maconha, contra um pastor (Marco Feliciano) que declara que o homossexualismo é contra a normalidade, contra a natureza e contra a vontade de Deus? São pastores realmente, ou são tipo aqueles profetas que sentavam à mesa de Jezabel? Se pelos frutos conhecereis a árvore, então da para saber quem realmente são eles.
Descrição: http://www.jesusnet.org.br/tabernaculo/pop_up/imagens/oferta.gif
Descrição: http://www.jesusnet.org.br/tabernaculo/pop_up/imagens/oferta.gif
Adriano Trajano - Pastor Batista
Alessandro Rodrigues Rocha - Pastor Batista
Alexandre de Silva - Pastor Igreja do Nazareno
Aluísio Faria de Siqueira - Pastor Metodista
Alzira dos Reis Silva – Presbítera Presbiteriana Unida
Ana Elizabete Barreira Machado - Rede Fale Goiânia
Ana Paula Calixto – Irmã Igreja do Nosso Senhor Jesus Cristo - Ministério Profético
André Esteves – Pastor Presbiteriano
André Sidnei Musskopf - Escola Superior de Teologia/EST
André Tadeu de Oliveira - Licenciado Presbiteriana Independente
Anivaldo Padilha – Koinonia
Anselmo Melo - Pastor Comunidade Apostólica Operação Resgate
Antonio Carlos Costa - Pastor Presbiteriano/Rio de Paz
Antônio Carlos Ribeiro – Pastor Luterano
Antonio Carlos Rosalino – Pastor Luterana Livre
Ariovaldo Ramos – Pastor Batista
Bruno dos Santos - Pastor Apostólica Vida Nova
Bruno Privatti - Pastor Batista
Bruno Santos Nascimento Dias - Rede FALE Rio
Caio Marçal – Missionário Rede Fale
Carlos Alberto Bezerra Junior – Pastor da Comunidade da Graça
Carlos Alberto Rodrigues Alves - Reverendo Presbiteriano
Carlos Augusto Lopes Pastor Assembleia de Deus Independente
Carlos Eduardo Calvani - Reverendo Episcopal Anglicana
Carlos Eduardo Fernandes - Rede Fale Marabá
Carlos Eduardo Mattos - Pastor Metodista
Carlos Jeremias Klein - Reverendo Presbiteriana Independente
Carlos Queiroz – Pastor da Igreja de Cristo
Christian Gillis - Pastor Batista
Cibele Kuss – Pastora Luterana
Clarise Holzschuh – Pastora Luterana
Cleber Diniz Torres - Reverendo Presbiteriana Independente
Clemir Fernandes Silva – Pastor Batista
Cristina Scherer - Pastora Luterana
Daniel Costa - Capelão Batista El Shadai
Daniel de Almeida e Souza Jr – Pastor Batista
Daniel Mário Alves de Paula - Pastor Assembléia de Deus
Daniel Rocha – Pastor Metodista
Daniel Souza - Rede Ecumênica da Juventude/REJU
Daniela Zeidan - Seminarista Batista
Djalma Torres - Pastor da Igreja Evangélica Antioquia
Domingos Amauri Massa – Pastor Batista
Douglas Rezende - Rede Fale Paraná
Éber Ferreira Silveira Lima - Ministro Presbiteriana Independente
Edson Fernando de Almeida – Pastor da Igreja Cristã de Ipanema
Edson Igre Insarraldi - Pastor Batista Aliança Bíblica
Eliana Aparecida Amancio Cerqueira – Ministério de Mulheres Batistas
Eliana Rolemberg - Coordenadoria Ecumênica de Serviço/CESE
Eliandro Viana - Pastor Batista
Eliel Amaral – Pastor Igreja Maanaim
Ely Eser Barreto César - pastor metodista
Elza Zenkner - Revda. Metodista
Ênio Caldeira Pinto - Universidade Filadélfia/Unifil
Érick Rodrigo da Silva - Assembléia de Deus Ministério de Madureira
Filadelfo Oliveira – Bispo Episcopal Anglicana
Flávio Conrado - Novos Diálogos
Francisco Cézar Fernandes Alves – Reverendo Episcopal Anglicana
Francisco Simão Neto - Pastor Assembléia de Deus
Francisco Thiago de Almeida - Pastor Metodista
Genilma Boehler – Pastora Metodista
Geter Borges de Sousa - Evangélicos Pela Justiça/EPJ
Gilberto Carmo dos Santos – Pastor CEEA
Giselle Gomes da Silva Prazeres Souza - Reverenda Episcopal Anglicana
Guilherme Schaper - Pastor Luterano
Gustavo Lima – Pastor Presbiteriano
Hélio Sales Rios – Pastor Presbiteriano
Herminio Garcez – Pastor Batista
Inailda Bicudo - Presbitera Presbiteriana Independente
Ismar do Amaral – Pastor Presbiteriano
Israel Mazzacorati - Faculdade Latino Americana de Teologia Integral
Jane Maria Vilas Bôas - Presbiteriana do Planalto
Jefferson Ramalho - Instituto Cristão de Estudos Contemporâneos
Jefferson Silva - Pastor Batista
Joanildo Burity - Espiscopal Anglicana
Joaquim Xavier de Souza Neto - Rede FALE Triângulo Mineiro
Joel Zeferino - Pastor Batista
Johannes Wille - Pastor Luterano
John Medcraft – Pastor da Ação Evangélica
Jônatas Souza de Abreu - Rede Fale Campina Grande
Jonathan Menezes – Pastor Presbiteriano
Jony Wagner de Almeida – Pastor Presbiteriano
Jorge Eduardo Diniz - Reverendo Presbiteriana Unida
Jorge L. D. Oliveira – Pastor Igreja do Avivamento Getsêmani
Jose Antonio Gonçalves - Pastor Presbiteriana independente
José Carlos Silva - Pastor Batista Nacional
José do Carmo da Silva – Reverendo Metodista
José do Nascimento - Instituto de Direitos Humanos do Mato Grosso do Sul (IDHMS)
Jose Romulo de Magalhaes Filho – Pastor Presbiteriana Independente
José Wendel Cavalcante Ferreira - Rede FALE Fortaleza
Josias de Souza Novais - Pastor Batista
Juliano Fabricio - Sal da Terra
Julio Paulo Tavares Zabatiero - Faculdade Unida de Vitória
Kathlen Luana de Oliveira- Escola Superior de Teologia/EST
Keiny Moreira da Cunha – Pastor Batista
Lays Gonçalves da Silva - Rede FALE Paraná
Léa Cordeiro - Pastora Metodista
Leomar Erlei Fenner - Pastor Luterano
Leonara Almeida - Rede Fale São Paulo
Levi Araújo - Pastor Batista
Lirian Angélica Rezende de Moraes - Rede FALE BH
Luiz Caetano Grecco Teixeira - Rev. Episcopal Anglicana
Luiz Carlos Gabas - Reverendo Episcopal Anglicana 
Luiz de Jesus - Pastor Batista Boas Novas
Luiz Mattos - Instituto Anima
Lyndon Araujo – Pastor Congregacional
Manoel Ribeiro de Moraes Junior - Pastor Batista
Marcelo Gualberto da Silva – Pastor Presbiteriano
Marco Aurélio Alves Vicente – Pastor Assembléia de Deus - Catedral da Família
Marcos Custódio - CADI-Origem
Marcos Fellipe Marques - Pastor Comunidade de Jesus
Marcos Machado - Pastor Batista
Marcos Monteiro – Pastor Comunidade de Jesus em Feira de Santana
Marcos Viana – Pastor Comunidade Cristã em Amsterdam
Marcus Vinicius Matos - Rede Fale Coordenação Nacional
Mardes Silva - Pastor Igreja Betesda do Ceará
Mauricio Andrade – Bispo da Episcopal Anglicana
Mauro Ferreira - Reverendo Presbiteriano
Mersia Lisboa Costa – Missionária Batista
Miguel Ângelo - Presbítero Igreja de Cristo
Moisés Abdon Coppe - Pastor Metodista
Morgana Boostel - Rede FALE
Mozart João de Noronha Melo - Reverendo Luterano
Nancy Cardoso Pereira - Pastora Metodista
Nello Pulcinelli - Pastor Batista
Nelson Gervoni - Pastor Batista
Neusa Butzlaff - Pastora Luterana
Neusa Tetzner - Pastora Luterana
Octavio A. S. Filho - Pastor Metodista
Odja Barros – Pastora Aliança de Batistas do Brasil
Orivaldo Lopes Junior – Pastor Batista
Orvandil Moreira Brabosa – Bispo Igreja Anglicana Tradicional do Brasil
Paltiel de Souza Ferreira - Bispo Comunidade Evangélica Cristã
Patrick Timmer - Missionário da Aliança Bíblica Universitária do Brasil/ABUB
Paulo Ayres Mattos - Bispo Metodista
Paulo Cesar Garcia - Pastor Comunidade Milícia
Paulo Saraiva - Pastor Batista
Pericles Gonzaga de Souza - Pastor Presbiteriana Unida
Rafael Lira - Juventude Batista do Estado de SP
Raul Matamala Seminarista Batista
Regis Augusto Domingues – Reverendo Episcopal Anglicana
Reinaldo Castro – Pastor Comunidade Cristã Novo Nascimento
Renan Nery Porto - Fale Uberaba
Ricardo Bitun – Pastor da Igreja Manaim
Ricardo Matense - Evangélicos Pela Justiça/EPJ
Robson Gomes - Pastor da Igreja Missional
Rodrigo Guimarães Pinheiro – Pastor Batista
Romi Becker – Pastora Luterana
Ronny Clayton - Pastor Batista
Rosilea Maria Roldi Wille - Luterana
Sandro Amadeu Cerveira – Reverendo Presbiteriana Unida
Sérgio Andrade - Deão Episcopal Anglicana
Serguem Jessui Machado da Silva - Tearfund
Simei Marcondes de Carvalho - O Brasil para Cristo
Thomaz Werneck - Seminarista Congregacional
Valdir Steuernagel - Pastor Luterano
Valmir Paze – Pastor da Ig Nazareno/Mov. Evangélico Progressista/MEP
Vanda Aparecida Fernandes Massa – Capelã Batista
Vilma Petsch - Diácona Luterana
Vitor Louredo de Souza - Grupo de Ações Evangelísticas - Missões Urbanas
Wagner Lemos Junior - Movimento pela Ética Evangélica Brasileira
Waldir Benevides- Reverendo Presbiteriano
Wanderson Campos – Seminarista Metodista
Welinton Pereira – Pastor Metodista 
Wellerson de Almeida – Reverendo Anglicano
Wellington Santos – Pastor Batista 
Wellington Vieira – Pastor Federação das Comunidades Terapêuticas Evangélicas do Brasil/FETEB
Wellison Magalhães Paula – Pastor Batista
Werner Fuchs - Pastor Luterano
Wertson Brasil - Presbítero Presbiteriana Unida
Yokimi Yuaça – Pastora da Igreja Holiness
Ziel Machado – Pastor Metodista Livre
Zwinglio Mota Dias - Pastor Presbiteriana Unida.

Divulgação: www.jorgenilson.com

Nenhum comentário: